No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher e, para comemorar essa data, que tal conhecermos um pouco algumas mulheres que foram importantes para a literatura potiguar?

Nísia Floresta: Nísia foi educadora, poeta e escritora, sendo considerada uma das precursoras do feminismo no Rio Grande do Norte. As suas escritas envolviam uma necessidade de se auto-afirmar como mulher, além de ter pensamentos visionários, muito além do seu tempo.

Auta de Souza: Poetisa romântica, teve a vida marcada por tragédias e  pela tuberculose. A sua única obra, Horto, até hoje gera emoção e interesse.

Zila Mamede: Jornalista e bibliotecária, Zila Mamede é conhecida pelos seus poemas e por ter sido uma das primeiras mulheres e estudar a obra de Luís da Câmara Cascudo. Hoje é imortalizada na biblioteca do campus da UFRN em Natal, que leva seu nome.

Dona Militana: Foi uma cantora de versos, considerada a maior romanceira do Brasil. Nascida em São Gonçalo do Amarante, em 2005 ela recebeu a Comenda Máxima da Cultura Popular.

A lista de autoras potiguares é imensa. Em todas as décadas, existiram fortes mulheres dispostas a expressar em palavras os seus anseios, desejos e angústias. Você tem alguma autora favorita do Rio Grande do Norte?

 

Nenhum comentário