Todo aluno que está se preparando para o ENEM sabe que para construir a redação, é preciso fazer uma introdução, desenvolvimento e conclusão. No entanto, isso não basta para que o seu texto tenha uma nota boa no final: é preciso que se tenha um bom repertório cultural e linguístico.

Como a habilidade da escrita é algo que deve ser trabalhado através de treinos, tempo e dedicação, é preciso pensar desde cedo na melhor forma de estudar e aumentar as chances de ter uma ótima nota no exame final.

Uma das estratégias para aumentar o seu repertório de argumentos e vocabulário é a partir da leitura de editoriais de jornal e verificar como os temas são discutidos, conhecendo opiniões diversas. Também é importante ficar de olho nos temas, que normalmente giram em torno de um problema social nacional (mas não necessariamente um tema polêmico).

Quanto à interdisciplinaridade, fique atento ao quanto você conhece do assunto que está abordando! Por exemplo, se você quiser inserir algum pensamento de filósofo grego na sua redação, não basta apenas citar o nome, é preciso fazer uma inserção mais aprofundada. Por isso, prefira utilizar temas que estejam dentro da sua zona de conforto e que você tenha conhecimentos suficientes para fazer uma análise.

Por fim, não esqueça de treinar sempre! Fazer uma redação por semana e enviá-la para alguém que possa corrigir é um passo importante para saber quais os seus pontos fracos e melhora-los. Bons estudos!

Fonte: Guia do Estudante
Nenhum comentário